quarta-feira, 23 de junho de 2010

Reconquistando os afastados da igreja

*


O que é o Seminário Reconquista?
1. Proposta: Esse seminário trata de um assunto pouco discutido em nossas igrejas. Muitos pensam, cheios de preconceito, que não vale a pena se esforçar para alcançar quem já conheceu a Palavra de Deus e a abandonou. Mas, e o que diz o Senhor a respeito disso? Será que Ele simplesmente esquece dessas pessoas e não abre mais as portas para que elas voltem? Não, com certeza. O Seminário Reconquista atua para ampliar sua visão sobre o Reino de Deus diante dessa realidade e dá ferramentas para sua igreja alcançar essas pessoas.

2. Parceria: O Seminário Reconquista faz parte da parceria entre AMME Evangelizar e Pastor Sinfrônio Jardim Neto – fundador do Ministério “Jesus não desistiu de você”. Atualmente, com apoio de seu idealizador, o seminário já faz parte de um dos nossos treinamentos de ajuda às igrejas.

3. Seminário: Acontece em um dia por um período de cinco horas seguidas. O seminário está dividido em três pontos: visão, motivação e estratégia, que são expostos por meio de apresentação de slides, facilitando o aprendizado e aproximando o conteúdo do ouvinte.

4. Material: O material fornecido para o treinamento é uma apostila com o conteúdo do tema apresentado, pelo custo de R$ 10,00. Nossa livraria especializada em evangelização – Salva Vidas, permanece no local do treinamento expondo materiais de qualidade para sua aquisição, inclusive os DVD’s do próprio seminário “A Reconquista”.

5. Quero em minha igreja: Para obter esse treinamento em sua igreja é preciso entrar em contato com a AMME Evangelizar através do 0800 121 911 para verificar a disponibilidade de data, missionário para aplicação do conteúdo e informações sobre custos.

6. Próximo Reconquista: Para quem está em São Paulo e região o próximo seminário Reconquista acontecerá em 03/07/2010 na base da AMME Evangelizar em Santo André. Para fazer sua inscrição, entre em contato pelo 0800 121 911 e fale com um de nossos missionários. Não perca essa oportunidade!

Posts Relacionados
  1. Como reconquistar os que se afastaram?
  2. Aprendendo para ensinar
  3. Marília – SP
  4. Trazendo a ovelha perdida 
Fonte: http://www.evangelizabrasil.com

sexta-feira, 18 de junho de 2010

A PLENITUDE DO ESPÍRITO SANTO: SEU DIREITO E SEU DEVER

*

“Não temas; pelo contrário, fala e não te cales; porquanto eu estou contigo e ninguém ousará fazer-te mal, pois tenho muito povo nesta cidade.” Atos 18.9-10

“Minha maior ambição na vida é estar na lista de mais procurados pelo diabo”.
Leonard Ravenhill

     Lembro-me de uma experiência pessoal ocorrida numa incursão que realizei neste ano de 2009 em Niterói, no Estado do Rio de Janeiro. Fui convidado para pregar numa conferência missionária de uma importante igreja local da região, onde também estavam preletores de outros países incluídos na programação do evento. Na ocasião, preguei sobre o direito e o dever do crente em buscar ser cheio do Espírito Santo. Isso mesmo! Devemos buscar a plenitude do Espírito Santo e a manifestação de Seus dons através de nós, pois “a manifestação do Espírito é concedida a cada um, visando a um fim proveitoso”. E ainda: “segui o amor, e procurai com zelo os dons espirituais...’’.(1 Co 12.7 ; 14.1). Paulo, o apóstolo, já advertia os crentes em Éfeso dizendo:  “E não vos embriagueis com vinho, no qual há dissolução, mas enchei-vos do Espírito’’(Ef 5.18). Creio fielmente que é desejo do nosso Deus que cada um de Seus filhos sejam cheios do Espírito Santo. Pense nisso.
      O propósito de todo cristão ser cheio do Espírito Santo é eminentemente prático. Aliás, os discípulos do Senhor Jesus no dia de Pentecostes “ficaram cheios do Espírito Santo...’’ (At 2.4), porque os mesmos enfrentavam uma tarefa sobrenatural, onde necessitavam também de um poder sobrenatural para o sucesso de suas missões. A plenitude do Espírito concedia o poder (no original grego “dunamis”) de que precisavam para a batalha sem tréguas em que se engajaram (Ef 6.10-18). Essa capacidade sobrenatural a que o texto de Atos 1.8 se refere, tem o sentido de habilidade, “uma força herdada que reside em alguém pela virtude de sua natureza”. Por isso, a plenitude do Espírito é uma experiência essencial e indispensável para o sucesso no ministério cristão. É mandamento da Palavra de Deus:”...enchei-vos do Espírito.’’(Ef 5.18). E você, meu amigo(a) ? Tem buscado verdadeiramente ser ‘’...cheio do Espírito Santo’’?
      Recordo-me da visita de Ananias à casa de Judas no episódio da conversão do apóstolo Paulo em Atos 9.17, quando disse: “Saulo, irmão, o Senhor me enviou, a saber, o próprio Jesus que te apareceu no caminho por onde vinhas, para que recuperes a vista e fiques cheio do Espírito Santo”. O resultado da plenitude do poder sobrenatural na vida de Paulo imediatamente se verificou, pois diz a Bíblia que ele “... pregava nas sinagogas a Jesus, afirmando que este é o Filho de Deus”.( At 9.20). Aleluia ! Sejamos também cheios do Espírito Santo !
      Todo crente que vive na superficialidade d
a vida cristã dificilmente experimentará a plenitude do Espírito, nem tão pouco terá condições de exercer funções de liderança espiritual na Igreja de Cristo. Aliás, A. W. Tozer, pregador avivalista,  instruindo sobre o assunto diz:  “qualquer pessoa, cujos sentidos foram treinados para detectar o bem e o mal, se entristecerá ao ver almas zelosas procurando encher-se do Espírito Santo, ao mesmo tempo em que vivem num estado de descuido moral, bem próximo do pecado. Todos quantos almejam ser cheios do Espírito Santo precisam expurgar de sua vida quaisquer iniqüidades ocultas. Devem expelir do coração qualquer coisa que esteja em desacordo com o caráter de Deus, conforme está revelado nas Sagradas Escrituras...Não pode haver tolerância para com o mal, nenhuma condescendência para com as coisas que Deus odeia.’’
      Portanto, estar cheio do Espírito Santo é um direito de todo cristão e também um dever. Ser cheio do Espírito Santo é deixar ser totalmente controlado por Ele. O seu intelecto, suas emoções, sua vontade, suas forças físicas, tudo fica a disposição do Espírito, para que sejam atingidos os desígnios de Deus. Minha oração é que venhamos expurgar diariamente de nossa vida todo mal e toda inclinação pecaminosa e assim sejamos cheios do Espírito! Ele espera isso de você! “Em Deus faremos proezas...”
No amor de Cristo,   Pastor M. Price 

segunda-feira, 14 de junho de 2010

Evangelismo, Evangelização, Folhetos: Imagens de Uso Livre

*

Sammis Reachers

Para o blog Imagens Cristãs, fiz algumas fotos tendo por tema a obra de Evangelização, dando ênfase às imagens de folhetos.

Todas as imagens são de uso liberado para qualquer fim (ilustrar seu blog ou site, apresentações, trabalhos, jornais e informativos, etc).

Foram tiradas com uma máquina simples (Samsung S15), e tratadas pelo editor de imagens gratuito Photoscape. Para as fotos, utilizei os folhetos Porções Bíblicas da SBB e os livretes da World Missionary Press. Clique nas imagens para ampliá-las.

Você, irmão leitor, pode também colaborar com esta obra, produzindo e disponibilizando imagens de uso livre, escrevendo artigos, e de muitas outras formas. Veja aqui maneiras de como contribuir com o projeto Imagens Cristãs.

VEJA ABAIXO AS IMAGENS:






VEJA TODAS AS FOTOS, CLIQUE AQUI

quinta-feira, 10 de junho de 2010

Kaká, Lúcio e cia: Filme gratuito para evangelização durante a Copa de 2010

*

Vem aí o mais novo filme para evangelização durante a Copa do Mundo, o filme contem testemunhos exclusivos de jogadores brasileiros, além de um Francês, um Italiano e um Marfinense.
Entre os brasileiros estão: Kaká, Lúcio e Marcos Sena (Seleção da Espanha).
Fiquem atentos, pois o vídeo será  enviado para quem solicitar no site dos Atletas de Cristo e você poderá  usá-lo em sua cidade.

Atletas de Cristo -  www.atletasdecristo.org

domingo, 6 de junho de 2010

Lausanne III - Entrevista com Silas Tostes

 *
Via www.bomlider.com.br



"Lausanne III procurará ser criativo no entender e comunicar da Missão Integral para os dias de hoje. Mas, nem por isso, inovará além da Escrituras. De novo, seremos lembrados da santidade, da consagração, da oração e da atuação missionária da Igreja."

Silas Tostes é o presidente da Associação de Missões Transculturais Brasileiras (AMTB). Ele fala ao Bom Líder sobre o III Congresso Lausanne que acontecerá em Outubro, na Cidade do Cabo, África do Sul. Reunirá mais de 4000 participantes de aproximadamente 200 nações e territórios.
Em 1974, na cidade Lausanne, Suíça, 2300 pessoas de 150 nações se reuniram para um Congresso Internacional de Evangelização Mundial. Desse congresso surgiu um Pacto entre os evangélicos para efetuar a Grande comissão. Billy Graham e John Stott apóiam este Pacto.
-
Em 1989, 3.600 líderes de 190 nações participaram de Lausanne II em Manila, Filipinas. O resultante Manifesto de Manila reafirmou e expandiu o Pacto de Lausanne e o chamado para "Proclamar a Cristo até que Ele venha".

Leia o Pacto de Lausanne clicando aqui.

ENTREVISTA

Bom Líder - Qual a importância do Terceiro Congresso Lausanne para a Igreja Global?

Silas Tostes - Ocorrerá 21 anos após o último. O II Lausanne foi em 1989 nas Filinas. De lá para cá, houve muitas mudanças no cenário internacional. A China é cada vez mais potência. Os movimentos religiosos radicais, de várias expressões religiosas, proliferam por toda parte. O Ocidente é cada vez mais pós-moderno e pós-religião. A Igreja Brasileira cresce muito numericamente, mas as evidências do bom discipulado não é visto. Preocupa-se cada vez mais com os problemas ecológicos e por aí vai. Lausanne III se proporá a nos ajudar ouvir Deus para o contexto atual, como relacionar nossa atuação integral diante dos desafios de hoje, e; como fazer tudo isso de forma criativa para os nossos dias, com obediência que agrada a Deus. Nesse caso, Lausanne III preocupa-se em ser relevante para a Igreja de Jesus em todo o mundo, pois, receberá 5 mil pessoas de vários países.

Bom Líder - Quais as conseqüências que a Igreja no Brasil pode esperar em função do Congresso?

Silas Tostes - Quem sabe o grupo de convidados, formadores de opinião que são, consigam trazer do Lausanne III o mesmo espírito de serviço, amor e transformação que esperamos encontrar e vivenciar no congresso. E assim, quem sabe, poderiam a partir de suas vidas e atuação conjunta, influenciar aqueles que não puderam estar presentes, ou, que não entendem a Missio Dei nas mais diversas formas de atuação de Deus no mundo por meio de Sua Igreja. Lausanne III procurará ser criativo no entender e comunicar da Missão Integral para os dias de hoje. Mas, nem por isso, inovará além da Escrituras. De novo, seremos lembrados da santidade, da consagração, da oração e da atuação missionária da Igreja. Bem, o que isso tem a ver com a Igreja Brasileira? Tudo, não é? Se a mesma foi comprada pelo sangue de Cristo.

Bom Líder - A Igreja que chegou ao século XXI consegue responder aos desafios deste século?

Silas Tostes - Alguns desafios são respondidos somente pela Igreja, por exemplo, interceder pelo mundo. Há desafios que a Igreja precisa responder envolvendo-se na sociedade com a sociedade, quer sejam nas áreas: saúde, educacional... ou seja, é ser sal e luz no mundo. E, em vários casos, até com o mundo, pois ainda que o mesmo esteja nas nas trevas, poderá ser iluminado pela luz de Jesus na Igreja, conforme essa se relaciona com os vários segmentos da sociedade. Em parte, a Igreja consegue responder aos desafios, apesar de algumas áreas fracas. Poucos evangélicos são autoridades quanto aos problemas ecológicos de hoje, porém, há aqui e ali, mesmo que em números menores, especialistas evangélicos em outras áreas. Esses poderão nos ajudar a sermos mais relevantes no nosso contexto.

Bom Líder - Como está a participação missionária do Brasil na Evangelização Mundial?

Silas Tostes - É difícil responder 100%. Veja que muitos brasileiros estão no mundo enviados por suas igrejas. Vários deles são bons. Outros poderiam ter sido melhor preparados. Como há muita independência na atuação missionária, e como não temos como pesquisar todas as igrejas locais do Brasil, de fato, não sabemos o número total de missionários brasileiros no mundo. Há também brasileiros imigrantes, que depois tornaram-se missionários e não aparecem nas estatísticas. Tem missionários neo-pentecostais, como os pastores da IURD no exterior, que também não aparecem nas estatísticas. Mas os missionários das agências filiadas na AMTB juntos, representam 4 mil missionários em áreas transculturais.

Bom Líder - O missionário desta era está mais qualificado para a evangelização?

Silas Tostes - Se pensar nos avanços da linguística, da antropologia missionária, do uso da informática em traduções da Bíblia e muitas outras áreas, nas técnicas de comunicação, na abundância de pesquisas, nos muitos cursos de línguas, nos muitos livros, nos muitos seminários, nos cursos universitários... perceberemos que há melhor preparo hoje a disposição. Não quer dizer que o mesmo é utilizado. Há pessoas que vão aos campos sem se prepararem. Contudo, nada disso substituirá nossa vida com Deus, o ouvir a Sua voz, sermos espiritualmente capacitados e guiados por Ele.

Bom Líder - Qual o maior desafio da Igreja Brasileira neste século?

Silas Tostes - Se pensarmos naqueles que nunca ouviram o Evangelho e as restrições existentes, estamos pensando em mais de 2 mil povos. Se pensarmos nas restrições do mundo islâmico. Se pensarmos na proliferação da promiscuidade e imoralidade, também via internet. Se pensarmos na falta de atuação social e política da Igreja, ou na atuação corrupta dos chamados evangélicos. Se pensarmos nos novos valores morais de nossa sociedade quanto a namoro, sexo, casamento, aborto. Se pensarmos no crescimento numérico da Igreja por meio de programas na televisão, mas de baixa qualidade bíblica. Se pensarmos numa atuação constantemente independente entre os grupos evangélicos. Se pensarmos no baixo nível teológico dos pastores. Se pensarmos na falta de atuação da Igreja entre os excluídos. Se pensarmos na nossa necessidade de estarmos bem preparados para atuar com nossas profissões e negócios no serviço a Deus e à sociedade. Se pensarmos no uso das artes para louvor a Deus, para comunicação do Evangelho, ou para resgate de cidadania. Se pensarmos... qual seria o maior desafio? Certamente que será apenas este: sermos um, como crentes, para que o mundo creia em Jesus.

sexta-feira, 4 de junho de 2010

Certificado de Batismo para download

*

Dia desses, um pastor de uma pequenina igreja, amigo meu, me pediu para fazer um certificado de Batismo no computador. Pois bem, para facilitar meu trabalho procurei na internet um modelo pronto para download. Coisa simples não é mesmo, um modelo simples de Certificado, em Word, para me poupar tempo... Mas o triste é que simplesmente NÃO ENCONTREI. Fiz então o Certificado, e pensando em muitos pastores e lideranças que como meu amigo não entendem de informática, possuem poucos recursos ou qualquer outra dificuldade (como não ter uma loja de artigos evangélicos por perto), elaborei três modelos, bastante simples, de Certificados de Batismo, para disponibilizar para download. Os 3 modelos estão em duas versões: em formato Word, sendo estes editáveis (o texto pode ser alterado). E em PDF, direto para impressão (texto não pode ser editado), tendo os espaços a serem preenchidos (nome, data, etc.) em branco. 

PARA BAIXAR O PACOTE COM OS 3 MODELOS, CLIQUE AQUI.

quarta-feira, 2 de junho de 2010

Ajude-se a si mesmo ajudando os outros

*

Um agricultor que ganhava prêmios todos os anos por causa de seu milho foi entrevistado por um repórter jornalístico que descobriu que o agricultor compartilhava seu milho para sementeira com seus vizinhos. ‘Por que você compartilha seu melhor milho para sementeira com seus vizinhos, se o milho deles compete com o seu todos os anos?’, perguntou o repórter.
‘Ué’, disse o fazendeiro, ‘o senhor não sabia? O vento pega o pólen do milho que está amadurecendo e carrega-o num torvelinho de campo para campo. Se os meus vizinhos produzirem um milho de baixa qualidade, a polinização cruzada reduzirá a qualidade do meu milho,. Se eu quiser produzir um bom milho, eu preciso ajudar meus vizinhos a produzirem um bom milho.’
Este agricultor é bem consciente de como toda a vida está conectada. O milho dele não pode melhorar a não ser que o milho de seus vizinhos também melhore. Isto ocorre em muitas outras situações. As pessoas que quiserem ter paz devem ajudar seus vizinhos a terem paz. As pessoas que quiserem viver bem, devem ajudar os outros a viverem bem, pois o valor de uma vida é medido pelas vidas que ela afeta.

De Sid Kahn, baseado em um extrato de um livro de James Bender
In Revista Passo a Passo #41, de Tearfund

Via blog Cidadania Evangélica