quinta-feira, 19 de janeiro de 2017

Capelania funerária e consolo aos enlutados



A maioria dos expositores da Palavra de Deus não confundem que a existência do homem é ‘AD INFINITUM’, sem fim, o que mudou foi a natureza, o estado dessa existência, isto é, de Alma Vivente para defunto, morto em delitos e pecados (Ef 2:1). O advento do pecado trouxe ao homem o presente de existir entre os gusanos, entre os vermes, com natureza da serpente em estado de morte eterna.

Muitos pregadores da Bíblia não entendem que o Lago de Fogo e Enxofre, chamado de Segunda Morte é uma terrível e dolorosa existência no estado de Morte Eterna, não é extinção como muitos ensinam, porque se assim, invalidaria a Palavra que diz:
-também pôs a eternidade no coração do homem, (Ec 3:11.b)




Então, formou o SENHOR Deus ao homem do pó da terra e lhe soprou nas narinas o fôlego de vida, e o homem passou a ser alma vivente. 



E plantou o SENHOR Deus um jardim no Éden, na direção do Oriente, e pôs nele o homem que havia formado. 
Do solo fez o SENHOR Deus brotar toda sorte de árvores agradáveis à vista e boas para alimento; e também a árvore da vida no meio do jardim e a árvore do conhecimento do bem e do mal. 
E o SENHOR Deus lhe deu esta ordem: De toda árvore do jardim comerás livremente, 



Mas da árvore do conhecimento do bem e do mal não comerás; porque, no dia em que dela comeres, certamente morrerás. (Gn 2:7-9; 16,17) 



Quando em (Gn 2:7) o senhor Deus soprou o Fôlego da Vida nas narinas do homem e este torna-se alma vivente, a Bíblia Sagrada nos quer fazer entender que a partir dali o Senhor Deus estava transferindo para o homem a Eternidade. 
Está escrito:
Tudo fez formoso em seu tempo; também pôs a Eternidade no coração do homem sem que o home possa descobrir a obra de Deus fez desde o princípio até o fim
Eu sei que tudo quanto Deus faz durará Eternamente; nada se lhe deve acrescentar e nada se lhe deve tirar. E isso faz Deus para que haja temor diante dele (Ec 3:11,14)



O diabo, o arquiadversário de Deus quis romper com a Eternidade de Deus posta no homem e injetou a sua peçonha mortal, o seu veneno letal para o interior do homem.
Não obstante a introdução da morte no homem, ainda assim ele continua um ser Permanente Eternamente. 
Está escrito:
Muitos dos que dormem no pó da terra ressuscitarão, uns para a vida eterna, e outros para vergonha e horror eterno. (Dn 12:2) 



A maioria dos expositores da Palavra de Deus não compreendem que a existência do homem é ‘AD INFINITUM’, sem fim, o que mudou foi a natureza, o estado dessa existência, isto é, de Alma Vivente para defunto, morto em delitos e pecados (Gn 2:7) (Ef 2:1). O advento do pecado trouxe ao homem o presente de existir entre os gusanos, entre os vermes, com natureza da serpente em estado de morte eterna.
Muitos pregadores da Bíblia não entendem que o Lago de Fogo e Enxofre, chamado de Segunda Morte é uma terrível e dolorosa existência no estado de Morte Eterna, não é extinção como muitos ensinam, porque se assim, invalidaria a Palavra que diz:
Também pôs a eternidade no coração do homem, (Ec 3:11.b) 
Disse Jesus Cristo: Eu Sou a Ressurreição e a Vida; aquele que vive e crê em Mim jamais morrerá e aquele que crê em Mim ainda que esteja morto viverá.(Jo 11:25) 

O Desastre da Morte, o inimigo incluso no ser humano. Muitas pessoas que realizam cultos fúnebres e ministram CapelaniasFunerárias fazem apenas teatro, no exercício da arte da dramaturgia para manter vendados os olhos dos incautos expectadores, porque em sua esmagadora maioria tocam apenas na Morte como uma ocorrência física, exterior, sem jamais entenderem que a Morte é algo que feriu o homem interiormente.
As pessoas acham que são os baques, os tiros, as facadas, a parada cardíaca, o enfarto, o aneurisma, o câncer, a AIDS, os venenos, os acidentes, as pestes, as guerras, os atos terroristas, e outros que matam os homens. Isto tem sido a maior artimanha de satã contra a humanidade, porquanto ele, o diabo, sabe que o homem sem Jesus Cristo é interiormente um cadáver, morto em delitos e pecados, sentenciado à condenação eterna. 

Há poder no Sangue do Cordeiro de Deus. 



Em Nome de Jesus Cristo esperamos no Espírito Santo dar uma palavra de ajuda à Igreja no que diz respeito ao exercício da Capelania Funerária, instituto de misericórdia até que alcancemos a plenitude da redenção do nosso corpo (Ef 4:30).
Não há como realizar uma Capelania Funerária sem saber o que é a Morte. 

Está escrito:
E o SENHOR Deus lhe deu esta ordem: De toda árvore do jardim comerás livremente,
Mas da árvore do conhecimento do bem e do mal não comerás; porque, no dia em que dela comeres, certamente morrerás. (Gn 2:16,17)
Vendo a mulher que a árvore era boa para se comer, agradável aos olhos e árvore desejável para dar entendimento, tomou-lhe do fruto e comeu e deu também ao seu marido, e ele comeu. (Gn 3:6)
Portanto, assim como por um só homem entrou o pecado no mundo, e pelo pecado, a morte, assim também a morte passou a todos os homens, porque todos pecaram. (Rm 5:12)



Não tenho tempo aqui de doutrinar sobre a Morte, mas quero afirmar que a Morte é uma relação interior do homem com satanás através do pecado que imiscuiu ambos, que mesclou a Alma Vivente com a Morte, satã. Jesus Cristo é a Vida (Jo 14:6); satã e á a morte (Hb 2:14).
Pelo fruto da árvore da ciência, do conhecimento do bem e do mal satã como Morte vai para o interior da humanidade (Gn 2:17) (Gn 3:6); envenenado o homem tornou-se pó; e, o pó é a comida da serpente, então temos o homem no interior de satã (Gn 3:14,19). 



Morte é satã no interior do homem e o homem no interior de satã (maldita mistura).



A entrada do pecado no gênero humano não produz a extinção do homem, mas sim a Morte, portanto eu advirto a todos os Capelães Funerários para não pensarem nem acreditarem e muito menos fazerem os outros pensarem e crerem que a Morte é o que está diante dos olhos. Não! A Morte está de forma invisível dentro do homem, independente dele pulsar ou não. 
O Lago de Fogo e Enxofre é a Segunda Morte (Ap 20:14), o falso profeta e a besta são dois homens (Ap 13:1-8) esses dois serão lançados vivos para dentro do Lago de Fogo (com consciência da existência). 



Está escrito:
Mas a besta foi aprisionada, e com ela o falso profeta que, com os sinais feitos diante dela, seduziu aqueles que receberam a marca da besta e eram os adoradores da sua imagem. Os dois foram lançados vivos dentro do lago de fogo que arde com enxofre. (Ap 19:20)
O diabo, o sedutor deles, foi lançado para dentro do lago de fogo e enxofre, onde já se encontram não só a besta como também o falso profeta; e serão atormentados de dia e de noite, pelos séculos dos séculos. 
Então, a morte e o inferno foram lançados para dentro do lago de fogo. Esta é a segunda morte, o lago de fogo. 
E, se alguém não foi achado inscrito no Livro da Vida, esse foi lançado para dentro do lago de fogo. (Ap 20:10,14,15)



Estas porções das Escrituras Sagradas revelam que a Morte nada tem haver com esquifes, caixões, sepultura, enterro, necrotério ou cemitério; estes constituem apenas uma tipologia, uma dura tipologia, portanto trabalhar nisso é trabalhar para satã, pois para que o homem fique livre da Morte ele precisa da Morte do Cordeiro de Deus. 



A morte é destruída pela morte. O pecado é vencido pelo pecado. Quem não entende isso trabalha contra a Vida (Jo 1:29) (Rm 8:3)
A Vida é Cristo no interior do homem e o homem no interior de Cristo (benigna mistura). 
Um dos maiores dramas do homem é a Morte como realidade universal, despreconceituosa, sem fazer acepção de pessoas segue seu inexorável caminho nivelando pobres e ricos, analfabetos e intelectuais, crianças e adultos, jovens e velhos, pretos e brancos, vermelhos e amarelos, religiosos e ateus. Na hora da morte todos são iguais. Todos são pecadores. 
Porque o salário do pecado é a morte, (Rm 6:23) 



Existem 3 tipos de morte, a saber: 
A Morte Espiritual: todo homem nasce Morto em delitos e pecados (Rm 5:12) (Gn 2:17) (Gn 3:6) (Sl 51:5) (Ef 2:1). 
Morte Física: ao homem está ordenado morrer uma só vez, isto é, retornar ao pó (Gn 3:19) (Ec 3:2,20) (Hb 9:27). 
Morte eterna ou Segunda Morte: é o Lago de Fogo e Enxofre (Ap 20:10-15). 



Com o pecado e a queda de Adão toda a humanidade tornou-se pecadora e culpada; e, entrou na sentença de morte. Como Deus colocou a eternidade no coração do homem (Ec 3:11), o homem passou a existir fisicamente, porém morto espiritualmente em delitos e pecado (Ef 2:1). O homem tem uma medida de tempo físico, durante o qual ele tem a oportunidade de ressuscitar espiritualmente recebendo a Vida de Deus, através de Jesus Cristo, consoante o Evangelho do Reino, proclamado pela Igreja de Cristo, no poder do Espírito Santo.
Na carta de Sardes em Apocalipse Aquele que tem os Sete Espíritos de Deus e as Sete Estralas dirige-Se aos homens assim:
Pensas que vives mas estás morto. (Ap 3:1) A humanidade está literalmente morta em delitos e pecados.



Capelania Funerária não é para exaltar, elogiar e engrandecer a memória e os restos mortais do finado como a maioria dos pregadores tem feito, antes, a ministração da Palavra de Deus deve ser para tirar da morte aqueles que transportam e sepultam a morte.
Jesus Cristo não fazia velório, nem acompanhava enterro e muito menos realizava atos fúnebres, pelo contrário, ele interrompia enterros (Lc 7:11-17) e ressuscitava os mortos (Jo 11:1-57) (Jo 8:40-56). 



A ordem de Jesus Cristo para a Sua Igreja é:
E, à medida que seguirdes, pregai que está próximo o reino dos céus.
Curai enfermos, RESSUSCITAI mortos, LIMPAI leprosos, EXPULSAI demônios; de graça recebestes, de graça dai. (Mt 10:7,8)
O homem não foi criado para a morte, mas com a entrada do pecado no homem entrou a morte como atroz inimigo.
Para os que estão em Jesus Cristo a morte é um inimigo derrotado. 



Está escrito:
Em verdade, em verdade vos digo: quem ouve a minha palavra e crê naquele que me enviou tem a VIDA ETERNA, não entra em juízo, mas passou da MORTE para a VIDA. (Jo 5:24)
Porque o salário do pecado é a MORTE, mas o dom gratuito de Deus é a VIDA ETERNA em Cristo Jesus, nosso Senhor. (Rm 6:23)
Eu Sou aquele que vive; estive morto, mas eis que estou vivo pelos séculos dos séculos e tenho as chaves da MORTE e do inferno. (Ap 1:18) 
A vitória que os filhos de Deus tem assegurada sobre a morte é por causa da ressurreição de Jesus Cristo e da nossa ressurreição com ele. 



Está escrito:
Mas, de fato, Cristo ressuscitou dentre os mortos, sendo ele as primícias dos que dormem. 
Visto que a MORTE veio por um homem, também por um homem veio a RESSURREIÇÃO dos mortos. 
Porque, assim como, em Adão, todos MORREM, assim também todos serão vivificados em Cristo. (1Co 15:20-22)
Mas Deus, sendo rico em misericórdia, por causa do grande amor com que nos amou, 
E estando nós MORTOS em nossos delitos, nos RESSUSCITOU juntamente com Cristo, - pela graça sois salvos, 
E, juntamente com ele, nos RESSUSCITOU, e nos fez assentar nos lugares celestiais em Cristo Jesus; (Ef 2:4-6).


Temos que ser muito cuidadosos nas Capelanias funerárias para não considerarmos apenas os fatores da morte física, porquanto Jesus Cristo veio resolver o problema da morte nos três níveis, a saber: 

O mesmo Deus da paz vos santifique em tudo; e o vosso espírito, alma e corpo sejam conservados íntegros e irrepreensíveis na vinda de nosso Senhor Jesus Cristo. (1Ts 5:23) 



1 - Ressurreição Espiritual: pelo novo nascimento, o nascer da Água e do Espírito (Jo 3:3-6) o vivificar dentre os mortos espirituais por causa dos delitos e ofensas, ressuscitando os crentes juntamente com Cristo (Ef 2:4-6). 
2 - Ressurreição Corporal: é a ressurreição dos que fisicamente crendo em Jesus Cristo ressuscitarão em corpo espiritual. 



Está escrito:
Pois assim também é a RESSURREIÇÃO dos mortos. Semeia-se o corpo na corrupção, RESSUSCITA na incorrupção. Semeia-se em desonra, RESSUSCITA em glória. 
Semeia-se em fraqueza, RESSUSCITA em poder. 
Semeia-se corpo natural, RESSUSCITA corpo espiritual. Se há corpo natural, há também corpo espiritual. 
Pois assim está escrito: O primeiro homem, Adão, foi feito ALMA VIVENTE. O último Adão, porém, é ESPÍRITO VIVIFICANTE. 
Mas não é primeiro o espiritual, e sim o natural; depois, o espiritual. 
O primeiro homem, formado da terra, é terreno; o segundo homem é do céu. 
Como foi o primeiro homem, o terreno, tais são também os demais homens terrenos; e, como é o homem celestial, tais também os celestiais. 
E, assim como trouxemos a imagem do que é terreno, devemos trazer também a imagem do celestial. 
Isto afirmo, irmãos, que a carne e o sangue não podem herdar o reino de Deus, nem a corrupção herdar a incorrupção. 
Eis que vos digo um mistério: nem todos dormiremos, mas transformados seremos todos, 



Num momento, num abrir e fechar de olhos, ao ressoar da última trombeta. A trombeta soará, os mortos RESSUSCITARÃO INCORRUPTÍVEIS, e NÓS SEREMOS TRANSFORMADOS. 
Porque é necessário que este corpo corruptível se revista da incorruptibilidade, e que o corpo mortal se revista da imortalidade. 
E, quando este corpo corruptível se revestir de incorruptibilidade, e o que é mortal se revestir de imortalidade, então, se cumprirá a palavra que está escrita: TRAGADA FOI A MORTE PELA VITÓRIA. 
Onde está, ó morte, a tua vitória? Onde está, ó inferno, o teu aguilhão? 
O aguilhão da morte é o pecado, e a força do pecado é a lei. 
Graças a Deus, que nos dá a vitória por intermédio de nosso Senhor Jesus Cristo. (1Co 15:42-57)



3 - O terceiro nível de ressurreição é a Ressurreição Eterna: esta é chamada última ressurreição ou ressurreição do último dia. Nessa ressurreição serão despertados da morte física todos os ímpios, os incrédulos de todas as eras e todos os crentes que não alcançaram a primeira ressurreição. 
Está escrito:
Muitos dos que dormem no pó da terra RESSUSCITARÃO, uns para a VIDA ETERNA, e outros para vergonha e horror eterno. (Dn 12:2)
Jesus disse para Marta:
- Declarou-lhe Jesus: Teu irmão há de ressurgir. 
- Eu sei, replicou Marta, que ele há de RESSURGIR NA RESSURREIÇÃO, NO ÚLTIMO DIA. (Jo 11:23,24) 



Muitos Capelães Fúnebres ficam maquiando cadáveres e embalsamando defuntos para mandarem suas múmias para os sarcófagos infernais falando mentira na cabeça dos restos mortais; não é tempo de teatro e de fraudes, pois o lago de fogo e enxofre está borbulhando e precisamos consoante a exposição da Verdade fazer de tudo com todos para vermos se conseguimos livrar uns poucos da morte eterna.



Está escrito:
Vi um grande trono branco e aquele que nele se assenta, de cuja presença fugiram a terra e o céu, e não se achou lugar para eles. 
Vi também os mortos, os grandes e os pequenos, postos em pé diante do trono. Então, se abriram livros. Ainda outro livro, o Livro da Vida, foi aberto. E os mortos foram julgados, segundo as suas obras, conforme o que se achava escrito nos livros. 
Deu o mar os mortos que nele estavam. A morte e o além entregaram os mortos que neles havia. E foram julgados, um por um, segundo as suas obras. 
Então, a morte e o inferno foram lançados para dentro do lago de fogo. Esta é a segunda morte, o lago de fogo. 
E, se alguém não foi achado inscrito no Livro da Vida, esse foi lançado para dentro do lago de fogo. (Ap 20:11-15)



A Capelania Fúnebre propriamente dita: 
A assistência religiosa aos enlutados é um ato de misericórdia e todo Ministro de Deus deve ser solícito e procurar ajudar a família com tato e amor quanto ao sepultamento do seu finado.
O Líder Espiritual deve detalhar com a família o local das exéquias e a hora do sepultamento, deve orientar a família quanto a simplicidade do funeral, quanto aos gastos e quanto à pompa do cerimonial, para evitar dívidas contraídas pela emoção.
O culto fúnebre deve ser uma oportunidade de digna e elevada consideração e meditação, momento ideal para conduzir os presentes a Jesus Cristo. Tudo deve ser feito com a sensibilidade que a ocasião recomenda e não como uma campanha evangelística.



A mensagem deve ser breve, objetiva, concisa, simples e de fácil assimilação pelo público geralmente muito heterogêneo.
O Ministro da Palavra de Deus deve buscar do Espírito Santo consolar a família, dispensando a Vida de Cristo mediante a exposição das Escrituras, procurando tocar o coração dos presentes de maneira que eles sejam constrangidos a sentir necessidade de ter uma relação pessoal com Jesus Cristo.
A Igreja deve perseverar em cuidar da família enlutada após a celebração fúnebre.
Se o cerimonial fúnebre for na Igreja, na casa da família do falecido, na capela mortuária ou no Cemitério o Ministro precisa estar no local na hora precisa e nunca realizar o culto sem antes receber autorização dos familiares.



A Bíblia Sagrada possui vários textos que fornecem vários temas que podem servir de base para elaboração de Sermões Fúnebres, vamos listar alguns à guiza de ilustração:



Das trevas para a Luz (Am 5:8) 
Coragem para viver e fé para morrer (1Co 15:58) 
Tudo posso naquele que me fortalece (Fp 4:13) 
Firmado na Rocha (Sl 27:5) 
A Terra Prometida (Ap 21:4) 
O que é a Vida? (Tg 4:14) 
Nele está a Vida (Jo 1:4) 
O pó volta ao pó, mas o espírito volta a Deus (Ec 12:7) 
O descanso do trabalho (Ap 14:13) 
O Corpo de Cristo (2Co 5:1-8) 
Vida abundante (Jo 10:10) 
O último inimigo a ser vencido (1Co 15:26) 
O céu é muito melhor (Fp 1:23) (Ap 21:3-7) 
Na casa de meu Pai (Jo 14:2) 
Bem-aventurados os mortos em Cristo (Ap 14:13) 
A despedida do bom combatente (2Tm 4:7,8) 
Quando a morte é estimada (Sl 116:15) 
A brevidade da vida (Sl 90) (Jó 14:1,2) (Jó 9:25,26) 
A Vida de Ressurreição (Jo 11:1-45) (Jo 6:40) (At 26:8)



Cultos Fúnebres Infantis: 
Quem é maior no Reino de Deus (Mt 18:1-6) 
Não desprezeis os pequeninos (Mt 18:10-14) 
Deixai vir a Mim os pequeninos (Lc 18:15,16) 
O Senhor é uma Fortaleza no dia da angústia (Na 1:7) 
O Pai se compadece dos filhos (Sl 103: 13,14) 
Bem-aventurados os que choram (Mt 5:4) 
Não temas, Eu te sustentarei com a Minha justiça (Is 41:10) 
A nossa Pátria está no céu (Fp 3:20,21) 
A Esperança dos que dormem em Cristo (1Ts 4:13-18) 



Cultos Fúnebres de Autoridades: 
Observar o cerimonial para políticos, militares, religiosos e outros.A cerimônia Fúnebre deve ser breve com uma música solene.
O Ministro deve fazer uma breve oração, efetuar a leitura Bíblica do texto base para a mensagem, dar oportunidade para um hino especial, depois uma ou duas breves palavras de testemunho em memória do finado como homenagem póstuma em seguida empetrar a bênção Pastoral e despedir o corpo para o sepultamento.



Capelania Funerária constitui delicado instrumento de evangelização e do testemunho da sobriedade cristã. Aproveite-a bem!
As Escrituras Sagradas recomendam que consolemos com as consolações com que nós somos consolados e a solidariedade no dia de luto é um gesto de amor para com o nosso próximo que precisamos exercitar.
A Bíblia diz que é bom estar na casa de luto, pois ali todos vêem o fim dos homens. 
O povo de Israel pranteava os seus mortos por dias.



Está escrito:
Os filhos de Israel prantearam Moisés por trinta dias, nas campinas de Moabe; então, se cumpriram os dias do pranto no luto por Moisés. (Dt 34:8)
Marta, Maria, os amigos de Lázaro o prantearam por quatro dias, depois Jesus também chorou (Jo 11).
Maria Madalena, Maria mãe de Tiago e Salomé prantearam Jesus Cristo com os discípulos por três dias depois foram comprar aromas para ungirem o corpo de Jesus (Mc 16:1,2).
Os cultos de Capelania Fúnebre só terão fim na Nova Jerusalém, no Novo Céu e na Nova Terra.



Até que aconteça o Arrebatamento da Igreja,
amemos-nos uns aos outros. 

Está escrito:
Vi novo céu e nova terra, pois o primeiro céu e a primeira terra passaram, e o mar já não existe. 
Vi também a cidade santa, a nova Jerusalém, que descia do céu, da parte de Deus, ataviada como noiva adornada para o seu esposo. 
Então, ouvi grande voz vinda do trono, dizendo: Eis o tabernáculo de Deus com os homens. Deus habitará com eles. Eles serão povos de Deus, e Deus mesmo estará com eles. 
E lhes enxugará dos olhos toda lágrima, e a morte já não existirá, já não haverá luto, nem pranto, nem dor, porque as primeiras coisas passaram. (Ap 21:1-4)



Este dia glorioso está chegando para a nossa experiência individual e coletiva, mas até que não, temos que exercer com amor a sublime tarefa da Capelania Funerária para que através do Espírito Santo possamos ver minimizada a dor do drama universal na morte. Pratique!




RECURSOS PARA CAPELANIA FUNERÁRIA E CONSOLO A ENLUTADOS

Alguns ministérios produzem literatura evangelística propícia para ser distribuída a pessoas enlutadas, ou em datas tais como o Dia de Finados. Vejamos algumas delas.



segunda-feira, 16 de janeiro de 2017

Citações Missionárias: A cada dia uma nova frase missionária para você


A página do Facebook Citações Missionárias é a nossa mais recente iniciativa de promoção missionária. A cada dia, pontualmente às 8:00h da manhã e durante todo o ano de 2017, uma nova frase é publicada (veja alguns exemplos abaixo).
Uma ferramenta de edificação e reflexão, para você curtir e compartilhar!

Conheça a página, deixe seu like, compartilhe com seus irmãos as imagens (no próprio Facebook, e em outras redes sociais):
https://www.facebook.com/citacoesmissionarias






terça-feira, 10 de janeiro de 2017

As 13 lições que aprendi com a Arca de Noé


1º LIÇÃO - É importante ser pontual, e não chegar depois da hora programada de partida.
2º LIÇÃO - Lembre-se que todos são diferentes, mas estamos no mesmo Barco.
3º LIÇÃO - Planos para o futuro? Não estava chovendo quando Noé começou a construir a Arca.
4º LIÇÃO - Nunca se sinta velho, apesar do fato de alguém dizer que seu tempo já passou e que na sua idade você não pode fazer nada de grande importância.
5º LIÇÃO - Não dê atenção à censura, continue o trabalho que lhe foi confiado.
6º LIÇÃO - Tudo o que você fizer ou construir que seja de boa qualidade, mesmo não sendo expert ou o que você mais saiba fazer.
7º LIÇÃO - Quando procurar uma companhia para sua viagem na vida, encontre uma pessoa que tenha os mesmos ideais relacionados a você. Os opostos podem se atrair, mas não conseguirão muito mais que isso. Então procure um parceiro que compartilhe a mesma meta e visão de continuar caminhando para a Arca.
8º LIÇÃO - Se você sentir que seu progresso é lento, não se desespere por que o importante é a perseverança. As tartarugas estavam a bordo da Arca e foram salvas assim como os animais ágeis.
9º LIÇÃO - Apesar de no início você se sentir sozinho ou de fazerem piadas, não se desvie da estrada e escolha os alvos corretos.
10º LIÇÃO - Não despreze os esforços das pessoas comuns, a Arca foi construída por amadores e o Titanic por profissionais.
11º LIÇÃO - Não existe opção! Você tem que participar na construção da Arca, a fim de poder ser salvo por ela. Não há volta!
12º LIÇÃO - Uma só equipe e seus membros construíram a Arca, não construíram cada um a sua.
13º LIÇÃO - Não importa qual a tempestade você esteja enfrentando. 
*Se tiver fé, haverá sempre uma esperança à sua espera.*

Autoria desconhecida

quinta-feira, 22 de dezembro de 2016

Calendário Evangélico 2017 Baixe e imprima


O ano de 2016 se aproxima de seu término, e como fizemos no ano passado, preparamos para nossos leitores uma série de calendários com foco missionário, para você baixar e imprimir.
Se no ano de 2016 o foco foram países variados onde é pequena a presença do evangelho (Arábia Saudita, Indonésia etc.), o tema para o ano de 2017 são os seis países lusófonos (que têm o português como língua oficial) da África: Angola, Cabo Verde, Guiné Bissau, Guiné Equatorial, Moçambique e São Tomé e Príncipe.
Cada uma das seis páginas (formato A4) traz, além de uma bela imagem do país e os calendários de dois meses do ano, informações gerais sobre o país em questão (população, povos, povos não-alcançados, principais cidades, línguas oficiais, estatísticas religiosas e bandeira). E ainda uma frase de incentivo à tarefa de evangelização da igreja.
Preparamos ainda o calendário tendo por tema as crianças. Neste caso, também como no ano passado, são duas páginas, com uma imagem (neste caso, de crianças africanas) e seis meses de calendários em cada uma, além de uma frase sobre a importância da evangelização/discipulado de nossos pequeninos.
Note ainda o selo em comemoração aos 500 Anos de Reforma Protestante (1517 - 2017), que elaboramos especialmente para a data, e que será inserido em todas as nossas publicações e projetos durante 2017. Sobre os significados do selo, confira AQUI.

Para baixar o Calendário Missionário Países 2017 pelo Google Drive, CLIQUE AQUI.
Para baixar o Calendário Missionário Países 2017 pelo Scribd, CLIQUE AQUI.
Para baixar o Calendário Missionário Países 2017 pelo 4Shared, CLIQUE AQUI.
Para baixar o Calendário Missionário Países 2017 pelo SlideShare, CLIQUE AQUI.



Para baixar o Calendário Crianças 2017 pelo Google Drive, CLIQUE AQUI.
Para baixar o Calendário Crianças 2017 pelo Scribd, CLIQUE AQUI.
Para baixar o Calendário Crianças 2017 pelo 4Shared, CLIQUE AQUI.
Para baixar o Calendário Crianças 2017 pelo SlideShare, CLIQUE AQUI.



Além dos arquivos em PDF, ideais para você imprimir, também disponibilizamos as imagens do calendário, em boa resolução, para você copiar e usar onde quiser. Confira abaixo:


PAÍSES 2017
(Clique nas imagens para ampliar, em seguida copie/salve em seu computador)









CRIANÇAS 2017


Caso não consiga fazer o download, solicite o envio por e-mail, escrevendo para:  sreachers@gmail.com