terça-feira, 28 de novembro de 2017

Resenha de livro: O Folheto Falante


Quantas e quantas almas já não foram salvas através da ação de um folheto evangelístico? Por suas características de semente que se lança praticamente sobre qualquer terreno, muitas vezes não se pode conhecer os resultados e nem o alcance, em termos de pessoas e distâncias atingidas por aquele folheto. São inúmeros os testemunhos de conhecidos e anônimos servos de Deus que foram alcançados pela mensagem de salvação através de um simples folheto, o “evangelista que não dormita”.
Mas isso tudo é para falar de um interessante livro. Em O Folheto Falante (Edições Cristãs, 1997) o autor Orlando Arraz Maz relata as conquistas, apuros e peripécias de um folheto. Isso mesmo: de mão em mão, de vida em vida, acompanhamos o pequeno folheto por favelas e mansões, aviões e navios, lixões, hospitais, ruas e celas, em estórias que entrelaçam-se em cadeia de eventos cujo eixo é “um simples folheto de quatro páginas”.
Uma leitura agradável e edificante, que colabora para nos dar a dimensão real das largas possibilidades e oportunidades de ação das literaturas evangelísticas.  Isso é proveitoso ainda para renovar nosso ímpeto evangelístico. Seus capítulos curtos e o agradável estilo do autor permitem que o livro seja utilizado para instrução, edificação e inspiração de pessoas de todas as idades, inclusive nossas crianças.

 O livro pode ser adquiro no site da editora, AQUI.

Aproveitando: Para aqueles que desejam conhecer e/ou adquirir literaturas evangelísticas variadas, apresentamos em nosso blog Recursos para Evangelização uma ampla listagem. Confira AQUI.

Nenhum comentário: