segunda-feira, 4 de agosto de 2008

ENTREVISTA: Silas Malafaia


ENTREVISTA FEITA PELO REPÓRTER OZIEL ALVES, COM O PASTOR SILAS MALAFAIA

http://ozielfalves.blogspot.com/

OZIEL ALVES – Pr. Silas, conhecemos o potencial que mídia tem para a propagação do evangélico, mas porque tem sido tão difícil crescer na área da comunicação?

SILAS MALAFAIA - Em Efésios 2:2 diz que Satanás é o príncipe das potestades do ar, a definição bíblica “ele é o príncipe das potestades do ar” é a de que ele habita no espaço sideral. E, por onde vão as freqüências de satélite? Pelo espaço sideral. Então, você imagina o capeta, o príncipe das potestades do ar, com toda sua corja, daqui a pouco entra numa freqüência de satélite um cara de bigode, metendo bronca nele, e entra outro irmão pelo radio... o diabo fica louco! Por isso que é uma guerra. Há uma dificuldade tão grande no Brasil hoje, e ao mesmo tempo em que falo isso me alegro pela oportunidade, e não me alegro porque no Brasil em redes de televisão, nós só temos a Igreja Universal do Reino de Deus que é detentora de emissoras, o RR Soares que é líder de uma igreja e no meio destes gigantes está o pigmeu, aqui. Então, nós temos pastores com redes de televisão que são líderes denominacionais e são bancados por igrejas.


OZIEL ALVES – O senhor não é sustentado pela igreja?


SILAS MALAFAIA - Não sou sustentado por igreja. Eu pertenço a uma igreja local do RJ, mas não sou Pastor Presidente. Sou vice na igreja do bairro. Eu não tenho patrocínios de denominação. Eu sou um evangelista, um conferencista e eu no meio destes gigantes de igrejas, mesmo sendo evangelista, tenho recebido a infinita graça e misericórdia de Deus por ter me permitido estar em 95% do Brasil via satélite, 70% da África via satélite parabólica, 80% da Europa via satélite parabólica, e daqui aproximadamente 5 ou 6 meses por toda a América Latina dublado em espanhol. E quem está fazendo isso meu irmão? É Deus. Eu tenho uma convicção muito grande disso. Eu tenho a certeza que é Deus que tem me permitido estar tanto tempo nestes 25 anos no ar. Se não fosse o Senhor...


OZIEL ALVES - Qual é o segredo para todo este sucesso, isto é, 25 anos de programação cristã no ar, em mais de uma emissora, ininterruptamente. Os custos devem ser astronômicos, não?


SILAS MALAFAIA - Eu gasto mais de 1 milhão de reais por mês com televisão, sem ter estruturas de igrejas para me bancar, sem ter nada disso. Mas,como Deus é fiel, e Ele é o dono do ouro e da prata, Ele tem tocado em corações e tem feito milagres. Deus tem tocado em gente e feito coisas que eu digo: “Só o Senhor”. Se eu fosse bastante orgulhoso, e como diz o carioca metido a besta, nariz empinado, na racionalidade humana eu poderia achar que sou alguma coisa. Mas eu não creio. Eu não posso pensar que sou o que sou. Não é possível pensar que o fato de estar tanto tempo na TV é em função de minhas próprias capacidades. Não! Deus faz um milagre todo mês.

OZIEL ALVES - Que tipo de milagres são esses?

SILAS MALAFAIA - Vou contar dois fatos agora para você entender o que é milagre. Por isso que Deus é glorificado. Semana passada recebemos um telefonema lá no escritório. A menina disse: “Pastor! ligou um empresário lá de Campinas dizendo que quer falar com o senhor ao telefone”, Dai eu liguei para o cidadão. Ele disse: “Pastor Malafaia, Deus tem me abençoado muito, eu sou um empresário da área de logística e transporte, sou crente, e eu tenho uma oferta para lhe dar. Eu estava perguntando pra Deus: Para quem eu vou dar esta oferta? Eu não queria fazer a coisa errada. Daí o Espírito Santo falou ao meu coração para doar este dinheiro ao seu ministério”. Antes de ele abrir a boca e falar qualquer coisa, eu disse: obrigado, que o Senhor te multiplique por 1000 vezes. Eu libero logo uma palavra. Pastor tem medo de liberar palavra quando falam em oferta. Só faltam pedir perdão. Com um assunto tremendamente espiritual e bíblico desses, ficam com medo da opinião dos outros. Ahhh o que vão achar da gente? E o diabo dando gargalhada da nossa cara porque a gente não ensina o povo a ter uma vida de prosperidade. A única lei da bíblia para ser prospero é dar. Eu sempre digo na minha igreja, se o crente orar 10hs por dia eu garanto que fica mais santo, mas se não der dizimo e oferta fica mais pobre. Pode orar 10hs por dia vai ficar mais santo, viu meu filho? Vai ser uma benção, mas vai ficar mais pobre, também. Não podemos inverter princípios da bíblia. Deus trabalha com princípios. Principio de santidade é orar, jejuar. Principio de ter é dar, é esta a história. Daí falei: “Que o Senhor multiplique por 1000 vezes o que você vai dar. –“Tá bom pastor, eu estou mandando para o senhor 450 mil reais”. Amém. Deus te abençoe.
Ontem telefonei de manhã para o escritório e a menina disse: Olha pastor, tem um irmão da baixada fluminense que quer vir aqui trazer uma oferta para o seu ministério. Dai falei: Olha a gente vai viajar para Porto Alegre e eu só posso atendê-lo até às 14 horas. No horário combinado ele estava lá. Entrou na sala com uma bolsa e falou: - Pastor, eu fui criado na igreja. Fui líder de mocidade, algumas coisas aconteceram, eu estou afastado, e tal... Daí eu disse: A tua vida é mais importante do que a oferta que você possa dar. Você pode dar qualquer coisa, mas se você não tiver Jesus e a tua vida não estiver no altar você vai para o inferno com tudo que você tiver. Eu vou logo dizendo a verdade para o cidadão. Você precisa consertar sua vida. Deus quer te abençoar. O camarada estava afastado há 20 anos e nunca deixou de ser dizimista. Nunca deixou de dar oferta. Já construiu mais de 10 templos. Pegou do chão até em cima. É um atacadista grande na baixada fluminense. - Olha pastor, Deus falou ao meu coração para trazer uma oferta para o seu ministério. Tá bem meu irmão. Que o Senhor multiplique 1000 vezes mais, a sua oferta. O cara mostrou a sacola, tipo de supermercado. Bumm. Atirou em cima da minha mesa. 130 mil reais em dinheiro. Aí falei: Isso aqui é muito bom, mas ajoelha ai. Bota teu joelhinho ai no chão. Não era para ele pensar que porque estava trazendo dinheiro que ele era o tal. Ajoelha aí servo. Eu podia contar tantas coisas. Então, eu só estou no ar por permissão de Deus, pela mão do Senhor. Sabe por quê? Deus é que faz. É Deus que me levanta. É Ele que abre as portas.

SOBRE O CASO RENASCER

OZIEL ALVES - Gostaríamos de obter sua opinião sobre algumas questões relevantes na atualidade. A igreja evangélica e o mundo secular acompanham através da mídia, passo a passo, o escândalo que envolve os pastores fundadores da igreja Renascer. Alguns teólogos e a opinião pública acreditam que todos estes fatos sujam, de certa forma, a imagem do evangelho. Sabe-se que o senhor é um pastor que defende a questão do avivamento, e chega afirmar que o Brasil é um país que está vivendo um dos maiores avivamentos do mundo, na atualidade. Deste escândalo, na sua opinião, quais conseqüências teremos? E, especificamente sobre este casal de pastores o que o senhor tem a dizer?

SILAS MALAFAIA - Deixa eu dizer uma coisa para você, bem do jeito que eu li na bíblia. Jesus escolheu 12. Escolheu Judas para ser o tesoureiro, cargo de alta confiança. Tem um Salmo que diz: "Até meu amigo intimo feriu meu calcanhar". Ninguém escolhe inimigo para ser tesoureiro. Judas traiu Jesus. Eu não me escandalizo com nada do que falarem. Está registrado na bíblia que Judas traiu Jesus. Está registrado na bíblia que Pedro negou Jesus. Está registrado na bíblia que Abraão deu uma vacilada com a escrava. O reino de Deus não esconde nada. Nós não temos que temer nada. O apostolo Paulo disse: "não importa que haja escândalo para os que são fieis, se manifestem". Nós temos que entender que nós não chegamos no céu. Nós temos que entender que há um contexto aqui na terra. Nós temos que entender que o homem falha, mas nós também temos que entender uma coisa, e eu vou ser bem honesto, o último lugar para que eu forme juízo de valor sobre um pastor no Brasil, é através da imprensa brasileira. Eu não formo juízo de valor sobre pastor nenhum, através da imprensa.

OZIEL ALVES - Sabe-se que os pastores de todas as filiais da igreja Renascer pregam a membresia das congregações que seus líderes estão sendo mártires do evangelho. Estão sofrendo uma perseguição da imprensa e dos órgãos de fiscalização como Polícia Federal, Ministério Público, FBI, Interpol e por aí vai. Descartam toda a hipótese de verdade e declaram que os "servos de Deus" estão sendo vítimas de injustiças. A opinião popular discorda, totalmente. Pra você, eles estão ou não estão sendo vítimas da imprensa?


SILAS MALAFAIA: Eu não estou dizendo que eles estão sendo vitimas da imprensa. Não estou dizendo, também, que eles não estão errados. Eu estou dizendo que a última instância para eu acreditar em notícia, chama-se "imprensa brasileira".Nós já temos um histórico de pré-conceito. De um copo d'água se faz um oceano, quando se trata de questões evangélicas. Você sabe disso.Exemplo, agora na questão das sanguessugas: eles tentaram insinuar que a maioria dos deputados eram evangélicos. Então, vamos fazer a conta: 102 deputados federais envolvidos. 30 evangélicos. Não era a maioria! Eu não estou defendendo, até porque eu não estou dentro do caso. Eu não tenho o caso na minha mão para definir. Por isso, não posso definir nem fazer juízo de valor. Só sei de uma coisa, meu irmão, quando você tem a razão, quando você está na verdade, quando você está de baixo da direção de Deus, Ele te dá uma saída. Quando não, é porque Deus está exercendo o juízo. Porque Deus também usa ímpios, para exercer juízo. Não se engane com isso. Então, o tempo e os fatos vão mostrar. Eu só quero dizer outra coisa e aproveito esta mídia cristã para dizer: Uma notícia plantada na ouvidoria do Ministério Público, sem ter nenhum documento, nem prova, deixa você a mercê do ministério público te denunciar. Um e-mail enviado a ouvidoria da procuradoria do Ministério Público de que o pastor João das...não precisa nem dizer o nome completo, se o cara quiser ele abre um processo, sem provas. Então, nós estamos vivendo num momento muito perigoso, muito perigoso. Não estou defendendo. Se está errado, vão pagar a conta. Existem erros que são cometidos por uma inexperiência. Isso pode acontecer. Mas, existem erros cometidos que temos total consciência deles. Se eles estão inclusos nestes erros e nestes equívocos, a conta vai ser cara. Está sendo cara!


OZIEL ALVES - Este último fato, que os levou a prisão, ao entrar nos Estados Unidos com um valor acima do permitido, pra você foi uma injustiça?


SILAS MALAFAIA: Eu entendo muito de entrada nos Estados Unidos. Eu vou seguidamente a América, e vou dizer o erro que ele cometeu.Cada pessoa pode levar até, no máximo, 10 mil dólares, na declaração alfandegária. Então, se você está levando 5, 6, 7 pessoas, você pode levar 70 mil dólares. Só que você tem que fazer um documento para cada pessoa. Ele fez apenas 1 documento para a família. Declarou 10 mil dólares. Errou. Agora, como é que um cara que já sabe que os outros estão atrás do lombo dele comete um vacilo desses? Coisa simples! Ele não estaria ilegal, ele não teria cometido nenhum delito, porque estavam com ele mais 6. Seriam 7 declarações. A lei permite isso. Não é ilegal. Eu lamento dizer, mas não tem pastores, nem crente, nem ninguém que esteja acima da lei. Lá a cana é mais justa. Com certeza o grupo de procuradores do Ministério Público de São Paulo disse a Policia Federal Americana (FBI) que eles estavam sendo rastreados. Isso não tem dúvida, nenhuma. E assim, acontece de lá para cá. Cometeram erro? Estão pagando a conta, irmão. Eu não defendo ninguém errado, não passo a mão na cabeça de ninguém que está errado. Eu só estou dizendo mais uma vez, cuidado porque eu já vi muitas cenas, muita molecagem. Vou dar um exemplo do Jornal O Globo do Rio de Janeiro. Na primeira página há um tempo atrás, disseram que as igrejas nas favelas eram lugar de guardar armas de traficantes. Pô, isso é uma leviandade. No Rio de Janeiro, alguns traficantes pulam telhado, vão para o telhado para poder vigiar onde a polícia entra. Telhado de igreja é como qualquer outro telhado. Nós temos 20 igrejas em áreas proletárias. Isso é uma ofensa aos irmãos e a igreja. Então, é isso que quero mostrar. Não estou aqui defendendo o errado. Cada um vai pagar a conta de si mesmo a Deus. Mas cuidado, eu estou falando de uma maneira ampla e geral, sobre qualquer fato que envolva pastor e a reja, sobre o fazer juízo de valor, pela imprensa.

MÍDIA E O CRESCIMENTO DA IGREJA

OZIEL ALVES: Como um pastor ligado a mídia, você deve admitir que o crescimento das igrejas evangélicas, hoje em dia, se deve muito a expansão do evangelho através dos meios de comunicação. Inclusive, agora no café, o senhor defendeu significantemente, esta idéia. No entanto, muitos teólogos e estudiosos da sociologia cristã vêem este crescimento como um inchaço apenas, isto é, como se não houvesse nenhuma qualidade nele. Falam inclusive de uma superficialidade em razão da ligação intrínseca das pregações com a teologia da prosperidade, rejeitada por muitos. O que o senhor tem a dizer sobre isso?

SILAS MALAFAIA :Tem um bando de recalcado, frustrado, invejoso, com dor de cotovelo que não arrumou nada no ministério. Nunca conseguiu nada e fica inventando lorota e conversa fiada da igreja. Meu filho, a bíblia diz que tem 4 tipos de cristãos: forte, fraco, carnal e menino. A bíblia diz isso. Toda igreja vai ter forte, fraco, carnal e menino. Agora o que você acha: é melhor deixar o carnal, o fraco, fora da igreja para que ele amanhã possa se tornar forte? Ahh dizem...Não! (encenando) Porque queremos crescer com qualidade e não com quantidade. (Volta a falar normal) Isso é conversa para boi dormir. Isso é papo. Importa que o evangelho seja pregado, entendeu? Cada um vai dar conta de si mesmo a Deus. Nunca se abriu tanta igreja, nunca! O evangelho nesse país... o que tem acontecido? Agora estamos fazendo tudo? é perfeito o que estamos fazendo? temos que fazer mais? claro que sim! Glória a Deus pelo o que estamos fazendo. Estamos satisfeitos? Não! Tem um campo para avançar. Tem almas morrendo. Agora, dizer que não se sabe se isso ai é um crescimento, isso é conversa para boi dormir e eu não sou boi. Você vai ter gente falsa, você vai ter até joio. Eu estou falando de quatro tipos de crentes. Mas tem os indiferentes que estão dentro da igreja. Tem o joio que está dentro da igreja. Tem o caído que está dentro da igreja e tem que estar tudo lá, porque este é o papel da igreja. Então, eu não concordo! Eu tenho visto muitos destes caras e lamento dizer para você que alguns eu conheço a história deles. E, são frustrados ministerialmente.


MINISTÉRIO

OZIEL ALVES: A última para gente terminar: Ministério: "prazer" ou "sacrifício”?

SILAS MALAFAIA: Prazer.

OZIEL ALVES: Nenhum sacrifício?

SILAS MALAFAIA: Sacrifício tem uma conta grande, agora eu não posso entender como alguém é chamado e não tenha prazer naquilo. É o prazer que faz você suportar o sacrifício. Em Isaías 53:11 diz assim profeticamente a cerca de Jesus: “O trabalho da sua alma Ele verá e ficará satisfeito" Jesus pagou um preção, mas ele teve prazer em fazer aquilo. Então, eu não acredito em ministro de Deus que não tenha prazer no que está fazendo, porque se ele for só por sacrifício, ele não consegue prosperar na obra de Deus. Tem que haver prazer porque a chamada, a convicção da chamada, dá prazer. Por isso que Paulo diz: "Por cuja causa padeço e não me envergonho porque eu sei em quem eu tenho crido". É prazer, e vamos estar aqui nessa cidade para junto da igreja, junto dela, sem ela eu estou fora, mas, junto da igreja, dizer que Jesus é o senhor também aqui no RS.


OZIEL ALVES - Obrigado.

2 comentários:

Faculdade de Teologia disse...

Parabens muito bom seu Post,muito interesante!!!!Fica c paz d cristo!!!
Abs!
Faculdade Teológica

Faculdade Evangélica SP disse...

Parabens Pelo Blog Muito bom Que Jesus continue Lhe Abençõe!!!
faculdade evangelica