domingo, 6 de setembro de 2009

As 7 Áreas de Influência

*

Alcançando nossas esferas de influência


Por Loren Cunningham

Às vezes Deus faz coisas dramáticas para nos chamar atenção. Em 1975 eu estava orando e considerando como os cristãos - não somente os da missão a qual eu faço parte, mas todos nós, poderiam mudar o mundo para Jesus. Uma lista veio a minha mente: categorias da sociedade nas quais eu cria que deveríamos nos concentrar para mudar para Deus. Eu escrevi, no dia seguinte eu encontrei o Dr. Bill Brihgt, fundador do Campus Crusade for Christ. Ele me disse que Deus havia dado-lhe algo, diversas aéreas para concentrar-se em trazer as nações de volta a Deus! Elas eram as mesmas áreas, apesar das palavras serem um pouco diferentes.

Aqui está aquela lista ( refinada e clarificada um pouco ao longo dos anos ):

Família – Lar
Religião – A igreja
Educação – Escolas
Governo
Mídia – Comunicações
Artes – entretenimento e esportes
Economia – Negócios, Comércio, ciência e tecnologia

Estas sete esferas de influencia nos ajudarão a formar nações para Cristo, são ferramentas para usarmos no cumprimento de Mateus 28, discipular nações para Ele. Ele obviamente, não teve a intenção de as usarmos em JOCUM. Eu creio que o que Ele deseja é que seu povo use as sete esferas para estender o reino de Cristo por toda a terra. Sendo assim, como que nós pegamos de volta estas sete áreas que são tão influentes em qualquer nação?

Nós devemos tomar território de satanás em oração. Como o poder do Espírito Santo, através das armas poderosas de guerra espiritual descritas em Ef. 6:10-20, 2 Co.10:1-6 e Tiago 4:7-10, nos é dito para destruirmos as fortalezas do diabo. Nós devemos orar contra a influência do inimigo em qualquer área que estamos cientes. Oração é uma parte poderosa da guerra espiritual que usamos para recapturar este mundo para Jesus Cristo.

Nossas orações devem ser específicas. À medida que escutamos a voz do Espírito Santo em nossas mentes ele nos dirá como devemos orar. ( veja Prov. 3:5-6, Isaias 55:8, is. 59:16 ). Então nós oramos para que o Espírito Santo traga sua influência às pessoas numa área estratégica.

Digamos que somos direcionados a orar pelo governo de uma determinada região. Devemos orar para que uma testemunha cristã venha até os indivíduos naquele governo levando-os ao Senhor Jesus.

Depois de termos orado por uma categoria específica, seja ela governo, sistema escolar, ou mídia, seja o que for, Deus pode escolher-nos nesta mesma área pela qual estivemos orando. Ele pode chamar-nos para penetrar neste lugar de influência para Ele, colocando-nos assim como fez com Daniel ou José do Egito, numa posição de autoridade.

Seja qual for a área de influência que Deus nos der, seja a família ou palácio presidencial, nós devemos vivenciar sua vontade em nossas vidas, não devemos fazê-lo de forma a dominar outros, mas devemos ser servos da mesma forma como Jesus o foi. Jesus deseja administrar o mundo através de nós. À medida que seguimos o exemplo de Jesus em nossas esferas de influência, nós trazemos o seu reino à terra.

Consideramos as sete áreas de influência, agora em mais detalhes.

Família
Através das famílias, estamos discipulando a próxima geração, para o bem ou para o mal, nós podemos ter lares cristãos seguindo padrões bíblicos para brilhar em lugares espirituais.

Religião
Jesus ordenou seus discípulos que discipulassem as nações. Nós fazemos isto não estando dentro das igrejas, mas saindo pelo mundo. Igreja é onde nos alimentamos para que possamos levar o reino de Deus por toda a terra.

Educação
A próxima geração é influenciada diariamente em nossas escolas e universidades. Cristãos devem se envolver escrevendo currículos, ensinando, administrando e participando em associações de pais e mestres e como membros de conselhos escolares.

Artes (celebração, entretenimento, esportes cultura)
Qualquer território que abandonamos, satanás preenche. Isto é o que aconteceu com o mundo do entretenimento. O drama moderno nasceu como forma de evangelismo, peças de teatro medieval sobre moralidade ensinado escritura para um público que não sabia ler. Nós devemos recapturar cada forma de entretenimento para Jesus, buscando-o para dar-nos formas criativas de mostrar ao mundo o autor do drama, espetáculo, beleza, cor, vida, emoção e alegria.

Mídia
Jornalistas são vistos como servidores de causa própria e manipuladores. Mas ainda assim, a mídia eletrônica e a impressa são cruciais no modelar da sociedade. A maioria das pessoas da mídia tem pouca ou nenhuma crença religiosa: precisamos de cristãos para trazer a verdade para esta esfera.

Governo
A Bíblia é clara: O povo de Deus deve se envolver em política. Pense nos líderes da nação escolhida de Deus, tais como Davi, Salomão, e os que governaram em países pagãos, como Daniel e José, jovens que exerciam princípios piedosos e eventualmente se tornaram primeiro ministros. Se Deus levantou líderes piedosos no Egito antigo e na Babilônia, ele o pode fazer hoje. Mas se cristãos desejarem servir em governo, eles terão de enfrentar uma cova de leões moderna. Deus usará isto para purificá-los e edificar seu caráter, para produzir seu estilo de líderes, líderes servos.

Economia
Jesus sabia que era difícil servir a Deus quando somos abençoados materialmente. Mas Deus quer que seu povo seja bem sucedido no mundo dos negócios e sejam missionários ali. O problema não é o dinheiro, mas se o dinheiro significa mais para nós do que Deus ( veja Lucas 18:18-25 ).
Deus nos testará nisto, e poderá pedir-nos para darmos tudo que temos. De igual modo, precisamos de cristãos chamados à ciência e tecnologia como seus campos missionários, pois nuca antes uma sociedade pode fazer tantos milagres tecnológicos e mesmo assim estar tão incertas de suas amarras morais.

Há dois reinos – luz e trevas e eles estão em guerra. Precisamos vencer para o reino da luz e o fazemos à medida que nos movemos para dentro de cada uma dessas sete áreas de influência no espírito oposto ao que satanás está trabalhando. Onde ele espalha ódio, nós devemos mostrar amor, onde a ganância prevalece, devemos dar mais do que qualquer outro. Onde a intolerância está ganhando, devemos mostrar lealdade e perdão. Precisamos orar venha a nós o teu reino, seja feita a sua vontade em qualquer que seja a área de influência para qual Deus nos chamou.

À medida que discipulamos as nações através do ouvir ao mestre e obedecê-lo, Ele nos usará para dar ao mundo sistemas econômicos piedosos, formas de governo baseadas na Bíblia, a educação ancorada na palavra de Deus, famílias que tenham Jesus como cabeça, entretenimento que mostra a Deus em sua variedade e animação, mídia baseada em comunicar a verdade em amor e igrejas que enviam missionários para todas as áreas da sociedade, aí então veremos a grande comissão sendo completada e milhões entrando no reino.

Fontes: UofN reference guide 2005, via site da Família Brito - http://www.fbrito.com/

Um comentário:

Gê e Dé Nascas disse...

Graça e Paz irmão Sammis!Visitamos sempre q possível seu blog q é uma benção!Continue nesse propósito de propagar a Palavra d Deus!Colocamos um link com teu blog no nosso blog.Se puder coloque um link com o nosso no seu!

Gê e Dé Nascas

http://www.nascas.blogspot.com